The Free Dictionary  
mailing list For webmasters
Welcome Guest Forum Search | Active Topics | Members

Para "mim" chegar "há" tempo... Options
sklinke
Posted: Monday, June 22, 2009 7:07:35 AM
Rank: Advanced Member

Joined: 3/11/2009
Posts: 345
Neurons: 1,038
Location: Australia
Aiaiai, acabei de ler isso. "Me avisa o horário que é para mim chegar há tempo". Devo corrigir o autor?Anxious
Rondnelly
Posted: Monday, June 22, 2009 1:43:59 PM
Rank: Advanced Member

Joined: 3/28/2009
Posts: 126
Neurons: 378
Location: Brazil
Nem tente, a gente tem essa mania de falar errado tambem... Nao sei se sao so brasileiros, mas nunca vi coisa 'tao errada' feita com ingles.. existe?

Eu levei algum tempo pra me acostumar a usar "eu", e ja corrigi bastante, mas sempre jogam pedra falando que eles estao certos, entao aprendi a deixar de lado... Quando eles tiverem algum teste, vao perceber a diferenca que certas palavras fazem :p
leboscki
Posted: Friday, June 26, 2009 6:45:17 AM
Rank: Newbie

Joined: 6/26/2009
Posts: 1
Neurons: 3
Location: United Kingdom
Nao acho que a confusao venha do ingles, mas das frases que terminam com o objeto indireto x frases em que a preposicao antecede uma outra frase: Ela deu a caneta para mim/ Ela deu a caneta para eu escrever.

Por que a origem do "mau" uso viria do Brasil, voces poderiam explicar melhor?
Rondnelly
Posted: Friday, June 26, 2009 11:37:17 AM
Rank: Advanced Member

Joined: 3/28/2009
Posts: 126
Neurons: 378
Location: Brazil
leboscki wrote:
Nao acho que a confusao venha do ingles, mas das frases que terminam com o objeto indireto x frases em que a preposicao antecede uma outra frase: Ela deu a caneta para mim/ Ela deu a caneta para eu escrever.

Por que a origem do "mau" uso viria do Brasil, voces poderiam explicar melhor?

leboscki, pelomenos aqui no Brasil, temos a mania de nao saber escrever/falar corretamente.
Agora, nao tem explicacao pra isso :p
lulopes
Posted: Saturday, August 22, 2009 1:13:24 PM
Rank: Member

Joined: 8/20/2009
Posts: 10
Neurons: 36
Location: Brazil
Na minha modesta opinião, a gramática do português é que é complicada! d'oh!

Pelo que sei, MIM não pode ser usado na frase Me avisa o horário que é para mim chegar há tempo porque não pode ser sujeito. MIM não faz, MIM não chega - EU faço, EU chego.

Agora, com relação a corrigir ou não o autor, vai depender da situação. No dia a dia a gente fala assim mesmo, errado. Se for um texto mais informal, alguma coisa bem descontraída, talvez até proposital, acho que pode ficar como está. Minha sugestão é deixar destacado de alguma forma (geralmente uso itálico pra ficar claro que não está de acordo com a norma gramatical). Mas, se for um texto mais formal, então acho que seria uma boa sim corrigir.

sklinke
Posted: Friday, August 28, 2009 4:27:56 AM
Rank: Advanced Member

Joined: 3/11/2009
Posts: 345
Neurons: 1,038
Location: Australia
Não era texto informal, infelizmente.

Era texto empresarial.

Algumas vezes tento explicar e corrigir de maneira bem educada, mas algumas pessoas simplesmente não entendem que estão errando.


Gil
Posted: Wednesday, September 9, 2009 4:31:57 PM
Rank: Advanced Member

Joined: 3/13/2009
Posts: 77
Neurons: 313
Faltou mencionar o "há", hai, hai. Deve dar um 俳句 (haikai - rrrrasei hein), pena que mim não sabe. Sick

Agora sério. Acho que uma boa alternativa seria "Me diga o horário para que eu possa chegar a tempo" - fiquei na dúvida com relação a duas coisas:

1ª - Pode ser suprimido o "eu" da oração sem alterar o sentido (...para que possa...)?

2ª - Podem ser colocados juntos aspas e travessão, como coloquei? "...possa chegar a tempo" - <---<<

sklinke
Posted: Wednesday, September 9, 2009 9:40:15 PM
Rank: Advanced Member

Joined: 3/11/2009
Posts: 345
Neurons: 1,038
Location: Australia
Oi Gil

Você voltou!

Nós até tínhamos lançado a campanha: Por onde anda o GilAngel

Acredito que o "eu" possa ser suprimido sim da oração. Meu único problema com a sua frase seria iniciar a sentença com o pronome reflexivo "me", que é aceito no coloquial e na linguagem falada, mas acredito que não podemos usar na linguagem formal.


Não vejo problema em usar aspas e depois o travessão para fazer o comentário.

Participe com mais frequência!
Gil
Posted: Friday, September 11, 2009 8:03:53 AM
Rank: Advanced Member

Joined: 3/13/2009
Posts: 77
Neurons: 313
sklinke wrote:
Oi Gil

Você voltou!

Nós até tínhamos lançado a campanha: Por onde anda o GilAngel



Me emocionei-me a mim mesmo pessoal e profundamente. d'oh! Estou enrolado com uma defesa complexa, em breve volto a postar com maior assiduidade. Grato pela resposta. Quanto à pertinência da linguagem, noto - em ambiente de trabalho - que por vezes as pessoas utilizam indiscriminadamente a usual informalidade da comunicação na rede, como se no meio virtual tudo fosse permitido. Quer ver um exemplo? Uma advogada de 48 anos reportando-se ao titular do escritório via intranet:

- Dr. Fulano, terminei a redação do mandado de segurança; c tudo estiver ok, imprimo. Vlw.

Juro que é isso mesmo. E nem há maior intimidade entre os dois profissionais...
Ahimsa
Posted: Wednesday, September 16, 2009 3:58:13 PM
Rank: Advanced Member

Joined: 3/19/2009
Posts: 146
Neurons: 420
Location: Lisboa (Portugal)
Gil,

Boa sorte com a defesa, então!

sklinke
Posted: Wednesday, September 16, 2009 8:54:43 PM
Rank: Advanced Member

Joined: 3/11/2009
Posts: 345
Neurons: 1,038
Location: Australia
C tudo estiver ok com sua defesa, nós veremos suas contribições com mais frequência Drool
vagnersiqueira
Posted: Sunday, November 22, 2009 7:53:28 PM
Rank: Advanced Member

Joined: 11/22/2009
Posts: 29
Neurons: 89
Location: Brazil
Percebi que falar para algumas pessoas que "mim" não conjuga verbo não adianta...

Portanto, isso é uma coisa muito difícil para mim entender... hehehe

Será que as pessoas não percebem que, além de errado, fica muito "feio"???

E não se assustem, achando que somente nós aqui no Brasil falamos errado...

Muitas vezes peguei americanos conjugando verbos dessa forma:

I likes doing this...
She like doing that...
We likes everything...

E parei para pensar: Eles passam uma vida toda na escola para aprender o que a gente aprende na quinta série - à terceira pessoa do singular da maioria dos verbos acrescenta-se a letra "s", que não existe nas outras pessoas...

E o melhor nos americanos: se você encontrar um livro e perguntar - ei, o que significa essa palavra? - Você simplesmente pode ouvir: Isso é uma palavra? - Se você continuar a conversa, e perguntar - o que significa? Eles vão falar que não sabem, que nem sabia que tal palavra era realmente uma palavra...

Para fechar com chave de ouro, tudo o que eles não sabem responder, eles jogam a culpa graciosamente na regra...
Tipo... Porque o verbo cut, quando acrescentado ing, dobra-se a última vogal para acrescentar ing, ficando: cutting - aí vem a famosa resposta: Ah, sei lá... É regra... Uma pessoa mais curiosa (meu caso), perguntaria: que regra é essa??? A que eles responderiam: Ah, essa regra, oras???

Simplesmente perfeito, não???

Então não pensem vocês que somos os únicos que cometemos tais erros... A gente até que erra pouco em relação à complexidade dos verbos, colocações e todas as outras coisinhas mais que a nossa língua portuguesa nos proporciona...

E ainda agora vem esse novo acordo gramatical...

Simplesmente perfeito!!! rsrsrs
ὁ Σκοτεινός
Posted: Monday, March 2, 2015 7:16:27 AM

Rank: Advanced Member

Joined: 10/9/2014
Posts: 115
Neurons: 310,210
Location: Curitiba, Parana, Brazil
Quanto à história de que a gramática do português é difícil: a confusão entre "eu" e "mim" me parece motivada não tanto pela complexidade da gramática do português, mas pela má formação básica que temos nas escolas no Brasil. "Eu" e "mim" são pronomes; se soubermos que "eu" apenas é que pode ocupar a posição de sujeito numa oração, então não diremos: "para mim fazer isto ou aquilo". É simples, mas aparentemente as pessoas não conhecem nem sequer os rudimentos da gramática. Pensemos no caso do idioma alemão: há o pronome pessoal no caso nominativo "ich" (eu) e as formas dativa "mir" (mim) e acusativa "mich" (me), e os falantes nativos do alemão não costumam cometer o mesmo tipo de erro gramatical. Por quê? A gramática alemã é tão ou mais complicada que a nossa... mas a formação média dos alunos certamente é muito melhor.
catarina lino
Posted: Monday, January 18, 2016 2:38:48 PM
Rank: Newbie

Joined: 1/18/2016
Posts: 1
Neurons: 23
Muito interessante este fórum de tirar dúvidas, agora mesmo eu que sou de Portugal estava conversando com minha amiga de Brasil sobre a forma correta de usar "eu" e "mim".

Você disse para mim que eu ia vir com ela?
ou
Você disse para eu vir com ela?

Alguém pode corrigir?

Muito obrigado
PureBlueLight
Posted: Monday, January 18, 2016 6:25:49 PM

Rank: Newbie

Joined: 12/29/2015
Posts: 33
Neurons: 170,921
Location: Portimão, Faro, Portugal
Sempre que encontrar uma tradução incorrecta, corrija a para si, mas se for necessário, informe também quem está errado/a, mas sair do seu caminho para tentar explicar o que está errado, sem necessidade, é de evitar.
Users browsing this topic
Guest


Forum Jump
You cannot post new topics in this forum.
You cannot reply to topics in this forum.
You cannot delete your posts in this forum.
You cannot edit your posts in this forum.
You cannot create polls in this forum.
You cannot vote in polls in this forum.